domingo, 2 de fevereiro de 2014

Dor por Augusto Cury

Ninguém deve procurar deliberadamente qualquer tipo de dor para lapidar sua personalidade. Devemos ir sempre em direção ao conforto, ao prazer e à tranquilidade. Contudo, mesmo as pessoas mais previdentes não conseguem controlar todas as variáveis da vida. Por isso, pequenas dores e frustrações sempre acompanharão nossa trajetória existencial.

A questão toda está no que faremos com elas. Não reaja com medo, não se revolte, não culpe o mundo. Lembre-se de que o Mestre dos Mestres mostrou que a dor pode ser uma excelente ferramenta para aperfeiçoar e fortalecer a alma.

(Augusto Cury)

Nenhum comentário:

Postar um comentário