terça-feira, 31 de maio de 2011

Aprendi que...

Recebi um e-mail de uma ex-aluna com aprendizados lindos...Vejam! Aprendi que...


 ...ninguém é perfeito enquanto não se apaixona. 
...a vida é dura mas eu sou mais que ela!!!
...as oportunidades nunca se perdem. Aquelas que você desperdiça, alguém as aproveita.
...quando você se importa com rancores e amarguras a felicidade vai para outra parte.  
...um sorriso é uma maneira econômica de melhorar seu aspecto.
...não posso escolher como me sinto, mas posso sempre fazer alguma coisa.
...O destino coloca as pessoas em nossas vidas,as atitudes decidem quem fica!
   

sexta-feira, 27 de maio de 2011

É preciso ter fé!

Viver é bom demais! Aprendemos coisas, conhecemos pessoas, nos divertimos, tanta coisa boa! Mas é bem verdade que também nos entristecemos, erramos o caminho, nos decepcionamos.E muitas vezes essas mazelas da vida nos fazem perder o que temos de mais precioso: a fé!

Como bem nos orienta o Padre Jonas Abib, mesmo "que sua fé esteja desgastada; mesmo que sua cabeça e seus sentimentos fiquem em redemoinhos [...] sinta, você também, a palavra de Jesus dizendo no fundo de seu coração: “Não temas, crê somente!”"


Afinal de contas, ninguém possui a fé que Deus deseja que tenhamos e precisamos buscá-la diariamente, nas pequenas coisas, durante todo o dia. Portanto, não importa o que  lhe aconteceu, em que você tenha errado, o que você espera e ainda não chegou. Tenha fé o suficiente para não ter medo e aguardar os planos de Deus, pois todas as coisas serão excelentes no tempo certo.

Com fé,
KA²

segunda-feira, 23 de maio de 2011

Jeito de sentir a vida

É extremamente interessante como mudamos a textura e a cor dos fios de cabelo,
a cor e a marca do batom,
a marca e o estilo de roupa,
o estilo e o jeito de viver a vida,
o jeito de viver e o jeito de sentir a vida!

Em alguns momentos nós mesmos somos os responsáveis pela mutabilidade das coisas.
Em outros, as pessoas que nos rodeiam dão uma força (ou não).
Mas em todos, temos a bênção de Deus, mesmo naquelas situações em que o livre arbítrio não agrada Seu coração.

Tenho experimentado bênção demais, amor maior ainda!

A vida não tem passado simplesmente por mim,
mas tem me permitido senti-la. Em todas as suas facetas. E isso que é o bacana!
E em todas elas, apesar dos impasses, das dificuldades, sou feliz!Afinal, as (pequenas e grandes) mudanças são sempre importantes para sermos (quase sempre) melhores.

domingo, 22 de maio de 2011

Amizades virtuais


Muito tem se falado sobre a explosão da internet e seus usos, possibilidades, dificuldades e facilidades.

E uma dos enfoques que nunca é esquecido é a questão das amizades "virtuais". Alguns defendem-na, porém, em sua grande maioria, os autores, críticos, estudiosos (alguns de nada em especial) dizem que as amizades virtuais não fazem bem à saúde e que estimulam a solidão, pois nada possuem de real.

Ora, pois! Se não são reais, quem envia os e-mails ou deixa recados no MSN ou no Skype? Quem é a voz do outro lado das palavras? Ninguém? Eu me recuso a acreditar nisso!

A questão é que muitas pessoas só possuem amigos virtuais. E isso sim deve ser repensado. Qual o motivo que impossibilita a convivência presencial? Por que a preferência pela virtualidade? Por que tanta "omissão" de si?

Porém, uma coisa que não deve ser esquecida é que em muitas amizades (e, às vezes, amores virtuais) existe tanta cumplicidade e verdade não vividos nem na "presencialidade" da vida. Muita gente conforta, distrai, brinca, faz o outro sorrir, chorar, acalma, reza junto e por, "escuta", aconselha, briga quando necessário, dá um outro olhar para as situações vividas... Nossa! Quanto coisa boa e real tem nas amizades virtuais!

Eu mesma tenho algumas (boas!) e sei que não seria tão feliz se não as tivesse comigo. Nos meus contatos de e-mails, de MSN, de Skype, se não os tivesse no meu coração!
Verdade é também que existem sim amizades virtuais que não são tão amizade assim. Mas, ora bolas!, nas amizades presencias também existem aquelas tão verdadeiras quanto nota de três reais e cinquenta! Verdade ou mentira?

Pois eu, sou convicta de uma coisa: amizade sempre é muito bom! Seja com homem, com mulher, com adolescente, com criança; seja presencial ou virtual! Eu tenho várias, algumas boas demais da conta! E não abro mão delas por nada nessa vida.

Mesmo distantes, mesmo sem tempo suficiente, são pessoas (queridas) que fazem parte das minhas lembranças, das minhas orações, da minha força.

E assim como fico atenta às novas amizades que nascem na vida "real", também fico na "virtual". Afinal, o princípio de relações humanas é o mesmo: duas pessoas (seres humanos!) passíveis de erros, de falsidade sim, mas de amizade verdadeira também!

Sou agraciada por Deus em vários aspectos. O de amizades, sem dúvida, é um deles. Tenho amigos de décadas, de infância, de adolescência, de faculdade, de mestrado, de trabalho, da vida, da internet! Com alguns quase não converso, quase não vejo, ou porque moram longe, ou porque nossos horários não combinam, ou porque a vida deles ou a minha vão nos distanciando ao cumprir nossos afazeres. Mas quando nos encontramos (ou simplesmente falamos por internet ou telefone), sinto que meu carinho e meu amor continuam os mesmos (isso quando não se ampliam). E sinto também o carinho deles por mim. Isso é o melhor da amizade! Saber que nem todos serão os melhores amigos, mas nem por isso menos importantes. Muito pelo contrário!

Amigos (reais ou virtuais) são anjos que Deus nos envia para cada momento: para fazer bagunça juntos, para estudar, para sair e festar, para chorar, para rezar, para comer, para assistir a filmes, para dançar, para falar à toa, para dar força, para sempre!

sábado, 21 de maio de 2011

"Coração não é tão simples como pensa"

Meu amor essa é a última oração
Pra salvar seu coração
Coração não é tão simples quanto pensa
Nele cabe o que não cabe na dispensa

Cabe o meu amor!
Cabe em três vidas inteiras
Cabe em uma penteadeira
Cabe nós dois

Cabe até o meu amor
Essa é a última oração pra salvar seu coração
Coração não é tão simples quanto pensa
Nele cabe o que não cabe na dispensa

Cabe o meu amor!
Cabe em três vidas inteiras
Cabe em uma penteadeira
Cabe essa oração


Em uma postagem do Facebook, hoje assisti um vídeo da Banda Mais Bonita da Cidade, cantando a música Oração. A canção da letra logo acima!

Simples. Bonito. Tocante.

Assim que posso defini-lo rapidamente.

Mas garanto: o que ele me fez sentir, lá no fundo do meu coração, não é tão fácil resumir.

Por que fazer uma última oração para salvar o coração de (ex)amor?
Talvez porque desejamos estar dentro dele? E se o coração é salvo, nós também seremos. Nosso amor também será. O amor que o outro sente também?
A necessidade de orar para salvar o coroação do amor será que é porque o coração não é simples como pensamos? Talvez, afinal, o que é possível guardar na dispensa de casa, não é possível guardar dentro do coração!

Porque  nele cabem três vidas inteiras. Não! Cabe mais! Muito mais!
Cabe também algumas vidas pela metade.
O que cabe no coração cabe em três vidas inteiras. Ou pode não caber em nenhuma.

O que cabe no coração cabe uma penteadeira, uma mesa com espelhos e gavetas. Espelho para refletir o que se sente, gavetas para guardar o que não cabe na dispensa, nem em lugar algum, nem no coração.

No coração, cabe nós dois. Dependendo do tamanho de cada um, podemos ficar bem apertadinhos ali dentro do coração, ou mesmo deixar sobrar espaço, ficando o vazio.Sem dúvida, a  melhor opção é o que cabe aconhegante.

Será por isso que faço uma oração para salvar seu coração? Para que ele seja aconhegante?

Poderia escrever por três horas aqui e não fazer caber tudo o que desejo neste texto, neste blog, no (meu) coração!

Confira a música e a melodia, veja como são inspiradores o oração, a simplicidade, o coração, o amor!

É, "coração não é tão simples como pensa"...